(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

Um bom Diagnóstico Empresarial pode salvar sua empresa !

Consultoria Empresarial e Gestão  

O empresário precisa dar ao Diagnóstico Empresarial, a mesma importância que dá para um diagnóstico médico, pois este visa identificar rapidamente se há algo errado com nossa saúde e permitir que, em tempo hábil, evitemos maiores complicações.

Realizado por profissionais de consultoria empresarial, altamente especializados em analisar empresas, sua precisão e importância, são fundamentais para a segurança da saúde financeira dos negócios. Toda organização deveria realizar ao menos um diagnóstico empresarial por ano.

Através de um bom diagnóstico empresarial, pode-se identificar rapidamente eventuais problemas que nem sempre o empresário está a par. O diagnóstico empresarial é abrangente, envolvendo todas as áreas da empresa, com uma ação estratégica e multidisciplinar, o que permite obter uma visão ampla e a possibilidade de se estabelecer um plano de ação estratégica.

COMO É FEITO O DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL?

É realizado por uma consultoria empresarial que realiza todo o levantamento de como estão os processos de trabalho de cada uma das principais áreas da empresa (Administrativa, Financeira, Recursos Humanos, Comercial, Compras, Estoque, Informática, Produção e Custos) abordando todos os itens relacionados de uma maneira sintética, objetiva e principalmente estratégica.

O Diagnóstico  Empresarial é desenvolvido através de Entrevistas, Observações Visuais, Levantamentos e Análise de Dados, verificando-se informações e controles, impressos e fluxos, para em conjunto com a diretoria da empresa, chegar a conclusões sobre as eventuais divergências existentes nos setores e serviços analisados, suas causas e efeitos, além de avaliar financeiramente o custo destes problemas.

De posse destes levantamentos o empresário terá a oportunidade de definir as prioridades de correção e saberá de algumas providências que ele mesmo poderá tomar. A visão externa da consultoria empresarial, que não está envolvida, somado a larga vivência empresarial dos consultores empresariais, responsáveis pelo Diagnóstico, será fator de renovação para o empresário que busca estar sempre atualizado e competitivo.

PRINCIPAIS BENEFÍCIOS DO DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL:

1. Saber exatamente ONDE estão os ERROS
2. Perfeito entendimento de COMO eliminar os ERROS
3. Saber como resolver os problemas de maneira PRÁTICA e OBJETIVA
4. Evitar tentativas frustradas de SOLUÇÃO DOS PROBLEMAS
5. Ir DIRETO AO PONTO sem perda de tempo
6. Estabelecer um PLANO DE AÇÃO ESTRATÉGICA
7. Permitir iniciar a ORGANIZAÇÃO DA EMPRESA de forma sistematizada

PRINCIPAIS QUESTIONAMENTOS DO DIAGNÓSTICO EMPRESARIAL :

 

ÁREA FINANCEIRA / ECONÔMICA

– Como é apurado o resultado econômico da empresa?
– Qual é o impacto da inadimplência nos resultados?
– A empresa sabe de fato o que é Fluxo de Caixa? (ou apenas usa Contas a Pagar X Contas a Receber). Existe um planejamento, um orçamento financeiro?
– Há controle dos Prazos Médios de Compra e Venda e sua influência no capital de giro?
– Como está a estrutura funcional da empresa? Existe um organograma? As funções são bem definidas? Existe dualidade de mando? Cada colaborador sabe claramente sua importância e objetivos?

ÁREA COMERCIAL

– Existe um Planejamento estratégico, mercadológico nesta área?
– Como está composta a estrutura comercial em composição e eficácia?
– Há televendas, telemarketing e assistência ao cliente?
– Qual a política de treinamento de vendedores?
– A área comercial trabalha orientada por números e relatórios de ação estratégica definidos pela direção da empresa?
– Os prêmios e incentivos de venda estão de acordo com a estratégia comercial da empresa?

ÁREA OPERACIONAL / CUSTO

– Os controles de pedidos, entregas, devoluções estão sendo realmente eficazes, evitando problemas para o cliente?
– Na empresa comercial, utiliza-se a curva “ABC” para definir ações de compra, venda, promoções e definição dos níveis ideais de estoque?
– Como é calculado o Preço de Venda dos produtos? Existe uma formula confiável, ou se faz pela simples política da margem bruta (multiplica-se o preço de custo por um número)?
– Existe um sistema de apuração de custos? É confiável?
-. No custo estão inseridas as despesas indiretas, da administração e as dos centros de custos auxiliares?
– A empresa tem bem definidos os Centros de Custos?
– Na produção são apontados todos os tempos?
– Na produção há controle de tempos e movimentos de materiais?
– Na produção há uma ficha técnica dos produtos? É utilizada no custo?
– Quando indústria, o lay-out da fábrica é o melhor possível?

ÁREA DE COMPRAS E ESTOQUES

– Como é feito o planejamento de compras?
– Há cálculos precisos do giro de mercadorias, do estoque de produtos -abados e de matéria prima?
– A recepção de mercadorias é segura, a prova de falhas e roubos?
– Qual é a eficiência da expedição e armazenagem de produtos?
– São realizadas auditorias de estoque? De que maneira?
– O sistema de armazenagem utilizado é o mais correto?

ÁREA DE RECURSOS HUMANOS

– Há um critério bem definido para processos de seleção?
– Há uma política de treinamentos na empresa?
– Como se mede a produtividade dos funcionários?
– Como se mede o grau de motivação da equipe?
– Existe um sistema de Avaliação de desempenho?
– Como se mede a rotatividade de pessoal?
– O faturamento “per capita” está de acordo com a estrutura da empresa?
– Há um organograma bem definido de acordo com os objetivos da empresa?
– As funções estão manualizadas?
– Há um regulamento interno?

ÁREA DE COMANDO DA EMPRESA (ALTA DIREÇÃO)

– A direção da empresa recebe informações simples, objetivas e com forte poder de análise?
– Qual é a objetividade dos relatórios enviados para a direção da empresa nas áreas administrativa, financeira, vendas e operacional?
– As informações que chegam são confiáveis?
– As informações chegam com rapidez, permitindo a visão “para a frente”, ou chegam sempre com atraso, dando apenas a visão do que já passou (como a do retrovisor de um automóvel)?
– A direção acompanha o Ponto de Equilíbrio da empresa como um todo? E também por unidade, filial?
– Acompanham os principais indicadores econômicos financeiros no que tange, nível de liquidez, rentabilidade sobre o patrimônio, capital de giro, lucro sobre as vendas, enfim sobre a saúde financeira e econômica da empresa?

ÁREA DE INFORMÁTICA

–  A empresa está satisfeita com seus sistemas informatizados?

– Tem conseguido acompanhar a evolução tecnológica?
– Os sistemas fornecem informações estratégicas para tomadas de decisão rápidas e precisas?
– Como está o fluxo de informações entre os sistemas utilizados?
– Quais são os principais relatórios estratégicos para uso exclusivo da direção da empresa?

Solicite uma apresentação em sua empresa.

(fonte: site da Métodos Consultoria Empresarial, áreas de atuação).

Adaptado por : Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios, atuando desde 1981, em T&D (para formar e reciclar lideranças) e produtividade pessoal (redução dos ciclos das atividades).

 Também desenvolve Projetos de Melhorias dos Resultados (PMR),focando marketing-vendas, compras-estoques, produtividade-processos, redução de custos-desperdícios, nas empresas familiares. Em RH, forma multiplicadores nos processos de  avaliar desempenho, rever funções, atividades, responsabilidades, autonomia. É autor do kit de áudiolivros “As 10 Dicas para o Sucesso da Empresa Familiar”  e consultor da Métodos Consultoria Empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top