(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

A maior parte das empresas sabe que métodos tem a ver com o processo de suas atividades, mas não tem a menor idéia de sua origem e evolução histórica. Nas faculdades existe um disciplina chamada D.O. ou Desenvolvimento Organizacional e em muitas empresas os Analistas de DO são responsáveis por estudar  mudanças sugeridas e implementá-las. Num certo paralelo de comparação, eles substituíram os Analistas de O&M das décadas anteriores, com a vantagem de terem à disposição recursos informatizados e tecnologias comportamentais mais avançadas, que podem usar em suas atividades.

A ORIGEM DOS MÉTODOS DE TRABALHO

A própria evolução é um processo contínuo de transformação e a partir da percepção da necessidade de organização, o homem sempre procurou evoluir mediante a melhoria de métodos de trabalho, ou seja, mudanças planejadas.  Nas cavernas, para sobreviver, adotou novos métodos para moradia e caça, trabalho em equipe, armas. (fonte: A.Nogueira de Faria, Organização e Métodos, que faz algumas citações históricas).

Hammurabi, rei da Babilônia (1728-1686-a.C), planejou e realizou mudanças, melhorando a programação e controle da produção, elaborando métodos para cálculo da carga de trabalho e melhor aproveitamento da mão-de-obra em tarefas que previam a existência de um salário mínimo”.

“Xenofonte, historiador  e general ateniente (430-355, a.C), fez críticas à desorganização do trabalho e propôs uma mudança nos métodos de produção para a fabricação de coturnos, a fim de suprir os soldados gregos, de forma que houvesse uma melhor divisão do trabalho e cada operário fosse especializado em uma determinada operação e tivesse permanentemente a responsabilidade por sua execução”.

“Leonardo da Vinci (1452-1519), um dos gênios da cultura focalizou a necessidade de estudo dos princípios de Organização para medida dos tempos  e racionalização do trabalho, demonstrando a sua preocupação com o desperdício do esforço humano”.

Nos tempos modernos “Frederick Winslow Taylor (1856-1915) é considerado o “pai” da organização científica do trabalho,  tendo desenvolvido princípios que colaboram decisivamente para a melhoria dos métodos de trabalho, preconizando  o estudo sistemático dos tempos, vinculando o salário ao rendimento, melhorando o uso das máquinas e ferramentas”.

CARACTERÍSTICAS DOS MÉTODOS

O Método deve ser entendido como a melhor maneira de realizar um trabalho ou uma operação.  É a forma mais acertada de intervir no processamento, objetivando direcioná-lo no caminho que implique menores custos e riscos, menor tempo e maior aproveitamento do esforço e dos recursos aplicados, sendo capaz de alcançar o objetivo com menor dispêndio e perdas.  Ele é o resultado de um conjunto de técnicas interdependentes e ajustadas que estabelecem a melhor sequência de fases a ser seguida na solução de determinados problemas.

A técnica é a melhor forma de realizar eficientemente uma tarefa especializada, representada pela aplicação racional dos conhecimentos e pelo uso adequado de um conjunto de informações, peculiaridades e detalhes que são importantes para o êxito final.

Exemplificando: com exceção do artesanato, que ainda usa tarefas contínuas, em cada fase do trabalho, nas indústrias as tarefas são compostas e combinadas.  Você não lixa uma peça e passa para outra pessoa. Com as células de produção, as peças podem ser lixadas e acabadas na mesma seção.  O simples ato de lavar um carro, num lava rápido implica numa sequência de movimentos e micro movimentos, que vão compor a tarefa, desde jogar água antes de usar  o sabão, até o enxague e depois enxugar o veículo, passar algum produto nos plásticos e pneus. Essas pessoas tem informações dos produtos, seu efeito na lataria ou plásticos e estofamentos e os riscos envolvidos e como obter um bom acabamento final da atividade.

O “know-how” é o conjunto de técnicas necessárias ao desempenho acertado de determinado trabalho e traduz um domínio de conhecimento adquirido nas atividades, que tornam as pessoas e organizações reconhecidas como “experts” em determinados campos.  Exemplificando : o eletricista industrial, habilitado a lidar com alta tensão, máquinas e equipamentos na indústria.  O piloto do avião, treinado e habilitado a usar sua aeronave para decolar, voar e pousar com segurança.

O processo é a forma de desenvolvimento de um método  que representa a maneira pela qual é implementado e reflete o seu estado dinâmico. Resulta da necessidade de adaptação do método à realidade, através de ações estratégicas e táticas, que exigem algumas vezes modificações para compatibilizar as exigências técnicas com as características da conjuntura que o envolve. É a resultante da interação do método com a situação, refletindo uma tendência que é passível de ser sentida e interpretada.

Exemplificando: na construção civil, os processos para levantar um prédio antigamente, era fazer todo o esqueleto do prédio e depois ir concluindo o acabamento. Hoje, o prédio vai sendo levantado e concluído ao mesmo tempo, com uso de gruas, guindastes e outros recursos modernos de construção.

OS OBJETIVOS DOS MÉTODOS

1)- Evitar a improvisação e orientar os executores

2)- Estabelecer a sequência lógica e mais produtiva

3)- Aproveitar e aplicar melhor os recursos disponíveis

4)- Prevenir e diminuir o nível de acidentes e incidentes

5)- Diminuir o tempo das tarefas e os custos operacionais

6)- Definir o caminho e a forma de perseguir racionalmente as metas

A IMPORTÂNCIA DOS MÉTODOS

1)– Orientar o impulso criador, tornando-o mais produtivo

2)- Introduzir ordem no trabalho e na utilização dos recursos

3)- Facilitar o trabalho dos executores

4)- Facilitar o trabalho das lideranças e supervisão

5)- Implantar a subordinação do interesse particular ao geral

6)- Diminuir o desperdício e aumentar a segurança no trabalho

7)- Possibilitar substituições pela despersonalização do trabalho

8)- Proporcionar elementos para a programação, acompanhamento e controle do trabalho.

Independente da tecnologia atual,  em que a TI avançou muito na gestão corporativa, os métodos continuam sendo essenciais para realizar toda tarefa ou atividade, em qualquer  empresa, seja um bazar de bairro, uma loja de calçadão, uma rede de varejo.    Não há como fugir, toda atividade exige um método para ser concluída e sua sequência de passos é que vai trazer o resultado positivo.  Ou negativo, se houver falha humana ou de equipamento em algum deles.   Daí, se ouvir a pergunta do cliente : Qual é o método que usam ?   Pode responder com tranquilidade que é o melhor conhecido, desde que tenha certeza disso.

Ou se for a situação, procurar ajuda para melhorar seus métodos, processos, controles, relatórios, indicadores de resultados.  Que podem ser demonstrados de forma gráfica, através de “dashboards”, que são gráficos criados com uso de B.I. (ferramentas de business intelligence), uma metodologia e informatiza de agilizar a coleta de resultados e sua análise comparativa.   A falta de tempo dos empresários, envolvidos em seus negócios, a competição acirrada, ameaças externas e internas ao mercado conquistado, exigem novos métodos de trabalho.

A  MÉTODOS CONSULTORIA EMPRESARIAL, surgiu na década de 80, inspirada no que os métodos de trabalho poderiam fazer para beneficiar as empresas, quanto a sua organização básica, funcional, administrativa, financeira, custos, produção, vendas e marketing, de forma que tivessem condições de evoluir, crescer.  E entre as milhares de empresas atendidas desde a década de 80, a maior parte está ativa e muitas se tornaram grupos empresariais de sucesso.

A MÉTODOS CONSULTORIA EMPRESARIAL – SP sempre esteve alerta às mudanças no mercado buscando sempre oferecer um melhor serviço de consultoria empresarial em todo o brasil e principlamente no estado de SP.

Conheça nossos Simuladores Estratégicos para:

  • Projeção de Meta de Faturamento

  • Capital de Giro

  • Formação de Preço de Venda – Lucro Presumido

  • Formação de Preço de Venda – Lucro Real

  • Painel de Rentabilidade e Solvência

  • Ponto de Equilíbrio – Comércio

  • Ponto de Equilíbrio – Industria

  • Ponto de Equilibrio – Serviços

  • Projeção de Rentabilidade

  • Sugestão de Compras

Acesse gratuitamente dentro de nosso site em:

https://consultoriaempresarialmc.com.br/simuladores-estrategicos/

 

Autor: Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios, atuando desde 1981, em T&D para formar e reciclar lideranças e Projetos de Melhorias de Resultados (produtividade/processos/qualidade, reduzir custos/desperdícios, marketing/vendas/gerar novos negócios, RH/motivação), em negócios familiares. É autor dos áudiolivros “As 10 Dicas para Sucesso da Empresa Familiar” e “Sugestões para Solucionar Problemas na Gestão Familiar”, consultor da Métodos consultoria empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top