(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

POR QUÊ ALGUMAS EMPRESAS ESTÃO QUEBRANDO ?

Consultoria Empresarial e Gestão  

AUSÊNCIA DE POLÍTICA DE RH, PLANO DE CARREIRA E PROCESSOS DE AVALIAÇÃO POR DESEMPENHO, QUE POSSAM GERAR (PPR) – PROGRAMAS DE PARTICIPAÇÃO NOS RESULTADOS :

Os proprietários ainda não enxergaram que as pessoas querem se desenvolver mais rapidamente  e desejam uma “fatia maior do bolo”, que a relação capital x trabalho está sofrendo grandes transformações e surgem  atitudes mais participativas.

BAIXO NÍVEL DE MOTIVAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS E LIDERANÇAS :

Os gestores não valorizam políticas motivacionais e nada fazem para mudar o clima organizacional, tornar o ambiente mais agradável para todos seus colaboradores.

 EFEITOS DAS POLÍTICAS ECONÔMICAS OU FATORES EXTERNOS DO MERCADO E CONCORRÊNCIA :

A empresa não se preparou para mudanças fortes nas políticas econômicas e fatores externos e perde a competitividade muito rapidamente, quando os cenários mudam.

 EMPRESÁRIOS AMADORES OU MAL PREPARADOS :

Os empresários são “auto-suficientes” e acham que já sabem tudo do seu negócio, ou somente conhecem com profundidade o lado administrativo ou o  lado técnico do negócio, não tendo uma visão profunda “do todo”,delegando parte para seus parentes, enquanto se refugiam nas áreas preferidas.

ESTOQUES EXCESSIVOS OU INSUFICIENTES :

Os estoques são mal gerenciados, sejam no mix ou na rotação, gerando simultaneamente falta de alguns itens e encalhe de outros e como conseqüência até mesmo  faltando caixa para repor em algumas ocasiões.

 FALTA DE SIG-SISTEMAS DE INFORMAÇÕES GERENCIAS E IDR – INDICADORES DE DESEMPENHO E RESULTADOS EM TODAS AS ÁREAS :

Existem muitos dados em papéis diversos ou planilhas,  mas não configuram relatórios com análise mais precisa de IDR e um SIG que permita dar suporte às decisões, muitas vezes feitas com base no poder, na força do dirigente perante os pares e família.

 LIDERANÇAS (CHEFIAS/GERENTES/DIRETORES) MAL PREPARADOS : 

As lideranças, algumas com grande vivência prática, são “doutores nos seus afazeres”, menosprezando idéias de colaboradores novos na empresa ou colegas de outros setores, defendendo seus “feudos” com unhas e dentes e até manobras de bastidores.

MÃO-DE-OBRA OPERACIONAL SEM FORMAÇÃO EDUCACIONAL :

As reposições e aquisições  de mão-de-obra são feitas por indicações, sem um critério de seleção mais apurado e não há crescimento dos níveis educacionais na empresa, nivelando-se por baixo.

MÃO-DE-OBRA SEM VIVÊNCIA TÉCNICA OU TREINAMENTO :

A vivência da mão-de-obra é toda prática, fundamentada em  conhecimentos empíricos ou aprendidos no dia-a-dia com os mais antigos, seus vícios operacionais e conceituais, com forte resistência a novidades.

PROBLEMAS CARACTERÍSTICOS DAS EMPRESAS FAMILIARES NOS PROCESSOS DE LIDERANÇA OU SUCESSÃO :

Não ocorre preparação dos herdeiros e familiares visando capacitá-los e profissionalizá-los para uma sucessão com melhores possibilidades de sucesso, adiam-se solução de conflitos familiares, empurram-se decisões.

 

Autor: Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios, consultor da Métodos Consultoria empresarial.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top