Quando se fala em sistema de custo, o que a história nos apresenta entre os sistemas mais conceituados ? 

O Custeio Pleno ou RKW* foi desenvolvido na Alemanha no início do século XX pela Siemens. É considerado o sistema de custo antecessor do Custeio por Absorção, e um dos primeiros métodos de precificação utilizados.

Espalhou-se pelo mundo inteiro, inicialmente nas empresas de origem alemã e depois em muitas outras, pelo respeito e admiração da sua precisão nos rateios e apurações.   

O preço é calculado com base na alocação de todos os custos e despesas existentes à unidade do produto, acrescida da margem de lucro.  A ferramenta perfeita, diziam alguns grandes consultores de custos. 

Custo ABC – Activity Based Costing

O método  ABC (Activity Based Costing), cujo custeio é baseado em atividades  que a empresa realiza nos processos de fabricação de seus produtos, é citado como desenvolvido pelos professores americanos Robert Kaplan e Robin Cooper na Universidade de Harvard.   

É uma metodologia para alocar com mais precisão os custos indiretos, atribuindo-os às atividades.

O sistema de custo ABC tem como característica principal, a de considerar todas as atividades e tarefas, etapa por etapa e seus detalhes. É considerado complexo e seu uso é mais voltado a indústrias. 

Custo UEP ou UET

Outro sistema de custo muito utilizado, é a metodologia UEP (Unidade de Esforço da Produção), também conhecido por UET (Unidade de Esforço de Trabalho).

É um método de Custeio por Absorção desenvolvido pelo Eng. francês Georges Perrin (1891-1958) na década de 1940, que teve discípulos e continuadores no Brasil.  

Ele transforma a fábrica em um modelo matemático onde os diversos produtos são medidos com uma única unidade de medida, as UEPs.

Tem no campo das indústrias de alimentos, seus maiores clientes, pela compatibilidade com o tipo de operação e múltiplas etapas dos processos produtivos, permitindo apurações precisas.

NUMA INDÚSTRIA, QUAL A MELHOR OPÇÃO PARA IMPLANTAR CUSTOS ? 

Considerando a vivência de nossa equipe técnica de consultores, todos muito experientes, em diversos projetos de custos, pudemos estabelecer uma metodologia, que não use apenas a matéria prima em seus cálculos e apurações. Mas todos os fatores que tenham influência na Apuração dos Custos com precisão e Formação dos Preços de Vendas.

Há semelhanças entre o “MASTER CUSTO” e o “RKW”, muito usado em consultorias, pela sua precisão ? 

E muitos outros métodos, que poderiam ser citados, mas neste momento, estamos apresentando o  método de custeio “MASTER CUSTO”, similar à UEP em alguns situações, ao RKW em outras e ao próprio ABC, em certas fases de apuração.

Ao chamarmos nosso método de ‘MASTER CUSTO”,  levamos em consideração características básicas, baseadas em métodos de custeio por absorção, metodologia bem definida de rateios, fruto de dezenas de anos de atuação prática em nossos clientes.

QUAIS AS VANTAGENS DO “MASTER CUSTO” SOBRE OUTRAS METODOLOGIAS DE APURAÇÃO DE CUSTOS ?  

Diferente dos outros, o “MASTER CUSTO” calcula cada componente separadamente por menor que fosse a operação.

Pode-se a qualquer momento, mudar o material dos componentes, ou o jeito de fazê-lo, ou até suprimi-lo, onde o efeito no preço do produto é mostrado no mesmo instante.

O sistema “MASTER CUSTO”, realiza seus cálculos considerando diversos fatores, tais como: o tempo que cada componente ou produto use de mão de obra direta, entretanto, qualquer alteração no salário ou substituição de funcionários, o método calcula o novo preço automaticamente.

Por considerar a mão de obra direta, cada produto teria o seu próprio custo de transformação, permitindo identificar quais deles “canibalizam” o lucro de outros.  A empresa poderia ter 10 produtos lucrativos e 03 que estariam gerando prejuízo na sua produção e com isso “canibalizam” o lucro dos demais. 

Diferente de todos, o sistema de custo “MASTER CUSTO”, calcularia o custo de cada fase de produção considerando a depreciação das máquinas e todos os gastos de cada fase. Portanto, em qualquer substituição de máquinas, o método calcularia o novo preço. .

E a depreciação das máquinas e equipamentos?

Com o sistema de custo “MASTER CUSTO”, o empresário não corre o risco de sucatear seus equipamentos, com produtos que não carregam em seus preços de venda, o valor da reposição de novas máquinas.

No final de cada período, o “MASTER CUSTO” calcula quantas horas foram pagas e quantas foram realmente produtivas em cada fase de produção e em toda produção, calculando a eficiência da fábrica. .

Calcula também o grau de eficiência da produção, o ponto de equilíbrio da empresa e geraria dados para estudos de layout e projetar melhorias na produção. .

As fichas técnicas dos produtos trazem todas as características de cada produto, ou seja :

  • quais e quantos componentes possui,
  • o tempo padrão que cada componente demora na produção,
  • quantos minutos cada componente demora em cada fase de produção,
  • quais matérias primas e seus valores,
  • qual o custo industrial,
  • e finalmente, o preço de venda e outras informações necessárias.

Cada produto poderá ter diferentes % (porcentagens) de impostos, de comissões e de lucro. Permitirá simulações na criação de novos produto, simulação de mudanças de encargos, de material, de salários e outros dados.

Ao comprar uma nova máquina, o “MASTER CUSTO” mostrará o novo preço de venda do produto, considerando-se os novos valores de depreciação do mesmo.

O “MASTER CUSTO” tem uma tela, que permite fazer simulações na hora, alterando-se o ICMS, Comissão, Frete, descontos, ou ainda, permitir saber se tendo em vista os preços do mercado e da concorrência local, se abaixarmos os preços para esses níveis, ainda permanece um lucro apropriado.

Ele  irá comparar entre preços anteriormente praticados e os calculados, possibilitando realizar ajustes, além de se poder saber a lucratividade de cada produto ou componente.

A idéia de criar  um método de custeio chamado “MASTER CUSTO” com todas essas qualidades o tornaria um dos líderes de mercado em todos os segmentos, tendo em vista, ser bem prático e simplificado, contendo ainda, velocidade de implantação, precisão nas apurações e utilidade para dar suporte à Formação dos Preços de Vendas, Negociações, Vendas On Line.

Leia também …

Leia também outros assuntos relacionados:

Depoimentos:

Para assistir depoimentos de nossos clientes clique aqui.

Para ler depoimentos de nossos clientes clique aqui.Sua Empresa Familiar necessita de ajuda? A Métodos Consultoria tem larga experiência em Reestruturar e Reorganizar Empresas Familiares. Entre em Contato.

Especialidades

A Métodos desenvolveu suas metodologias e modus operandis desde 1976 e sabe exatamente o que sua empresa precisa para alçar vôos maiores. Leia atentamente, marque uma visita e juntos, vamos estruturar um crescimento sólido e promissor:

Conheça gratuitamente, nossos SIMULADORES ESTRATÉGICOS.

São painéis Gráficos Dinâmicos CRIADOS COM FERRAMENTAS DE BUSINESS INTELLIGENCE – BI para:

Autor: Prof. João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH, pesquisador de empresas familiares e colaborador da  MÉTODOS CONSULTORIA EMPRESARIAL

* Reichskuration Für Wirtschaftlichkeit – Curadoria imperial para negócios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top