(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

ERROS QUE UMA EMPRESA NÃO PODE COMETER

Consultoria Empresarial e Gestão  

No mundo dos negócios atualmente,com a competição cada vez mais acirrada, onde os produtos estão se tornando “commodities” (está tudo igual, o que faz a diferença são as condições de fornecimento e atendimento), não existe perdão para alguns erros mais sérios.

Muitas empresas já saíram de mercado por não terem percebido que o mercado mudou com uma velocidade muito grande e continuam atendendo do mesmo jeito e alguns ainda se gabam dizendo:,

“…nós temos tradição….estamos aqui há trinta anos….somos os maiores em…….”

Nada disso poderá salvar o seu negócio, se o ambiente mudar, os produtos também forem encontrados em concorrentes com um atendimento melhor e preços mais baixos, portanto preste atenção nos erros que sua empresa não pode cometer. São eles:

DESCONHECER OS SEUS CUSTOS OPERACIONAIS


Calculadora e Contas

Sejam os custos comerciais da atividade interna (…a central de tele-atendimento…..) e externa (…a diária dos vendedores, refeição, transporte ou ajuda de custo do uso do veículo…..), dos serviços adicionados aos produtos (…exemplo: colocar gratuitamente uma peça ou acessório….), os custos industriais da fabricação (sejam os diretos, da matéria-prima e processos), os indiretos (da mão-de-obra da liderança) e as perdas (os tempos improdutivos, as perdas dos processos em matéria-prima e tempo)…. TUDO DEVERÁ SER MENSURADO, em níveis cada vez mais apurados, gerando IDR- indicadores de desempenho (….comparando com as peças produzidas….com as vendas realizadas….), que possam ajudar nas decisões dos proprietários da empresa…. DECIDIR SEM APOIO DE NÚMEROS, na base empírica, na intuição, poderá ser um RISCO, um PERIGO para seus negócios…É hora de largar os CADERNINHOS,  as fichinhas compradas nas papelarias e partir para o uso de processos mais elaborados para apurar seus custos, sejam planilhas Excel, que têm ótimos recursos ou sistemas informatizados.

NÃO INVESTIR NO DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS

Treinamento Reunião

 É comum encontrarmos os seguintes comentários para justificar a falta de investimento no desenvolvimento das pessoas:

“…ah, já está comigo no balcão desde os 15 anos, sabe tudo…”

“ …é casado, tem filho pequeno, não tem tempo para ir a cursos ou estudar à noite….”

Vai ser difícil competir, sem estar cada vez mais preparado, parece uma corrida sem fim, na qual todos nós estamos competindo mas faz parte do novo mercado, estar pelo menos informado do que ocorre com os concorrentes, com toda cadeia produtiva da qual fazemos parte, com os fabricantes de autopeças, sejam nacionais ou multinacionais, os programas de qualidade em evidência (ASE, IAA e outros), as novidades etc.

É HORA DE ACORDAR E FAZER PARTE DESTE NOVO MUNDO COMPETITIVO E IMPIEDOSO com aqueles que ainda estão hibernando na ilusão de que tempo de casa faz diferença para garantir os empregos, os lucros..O pior não é desejar investir, mas existem pessoas que fogem de cursos, arrumam mil desculpas (…choveu….não choveu….atrasei o serviço…amanhã vai ser um dia duro…..etc….)

ECONOMIZAR EM SISTEMAS GERENCIAIS E INFORMÁTICA

Computadores antigos

Há pouco tempo visitei um empresário que tem horror a computador, tem apenas uma máquina mais atualizada no financeiro, nos demais setores, ainda lida com Pentium 3, com tendência a defasar mais ainda….Conversando com ele, percebi que sua mesa parece uma torre de babel, com papéis onde as coisas estão anotadas em várias posições diferentes, alguns bilhetes colados com durex nos objetos decorativos da mesa, um canto recheado de caixas de brindes.

Quando ele comentou que precisava de “marketing” e melhorar as vendas, por pouco não me contive, com a vontade de dizer para ele..”ok, vamos começar limpando esse depósito de lixo que está a sua mesa”.

Na verdade, ele está descendo a ladeira há algum tempo e já afeta seus bens pessoais, mas é extremamente teimoso, tem até curso superior (fez propaganda) e resiste às idéias. Dei algumas sugestões, por te sido indicado por um amigo do mesmo e espero que consiga mudar seu “jeitão” ou será um forte candidato a sair do mercado.

É hora de SAIR DOS SISTEMAS CASEIROS, ajeitados por amigos dos filhos ou nossos conhecidos e buscar mecanismos mais eficientes de controlar os resultados dos negócios.Tem empresário que compra máquinas novas, mas conserva os sistemas antigos, mal projetados.

Um risco que alertamos é que a maior parte dos sistemas antigos não permite ajustes, como a criação de novos indicadores de desempenho, por isso o ideal é que antes de se trocar o antigo sistema, submeta sua empresa a uma análise criteriosa realizada por uma boa consultoria empresarial para definir os principais indicadores e a maneira como eles deverão ser criados no novo sistema informatizado.

 

DEIXAR DE TRABALHAR OS ELOS DA CADEIA PRODUTIVA

Elo da corrente

Todos se lembram dos clientes, mas esquecem os fornecedores….vamos fazer uma festa e convidar todos os clientes…Eu pergunto: E os fornecedores, serão convidados também ?

.É hora de olhar a cadeia de produção e fornecimento – distribuição, da qual fazem parte de uma forma mais integrada, buscando misturar nos mesmos momentos e eventos, tanto os fabricantes, como os distribuidores, sejam atacados ou varejo, fazendo com que passem a falar a mesma língua e talvez até minorando as diferenças de foco que tem do mercado e geram tantos conflitos na distribuição.

SOMOS APENAS UM DOS ELOS DE UMA CORRENTE, QUE UNE NUMA PONTA, OS FABRICANTES E NA OUTRA OS DISTRIBUIDORES – SEJAM VAREJO OU ATACADO.

Com elos fortes, seremos cada vez mais forte na essência, no total.

FAZER RETIRADAS E GASTAR ACIMA DO QUE DEVERIA

 Chuva de dinheiro

 

Esse é um processo que até há poucos anos nos negócios familiares era dos mais críticos,os filhos tinham contas correntes nos postos de combustíveis onde abasteciam e mandavam as contas para o pai pagar na empresa, as mulheres usaram o crédito dos maridos nas lojas,estes gastavam por conta do faturamento nas concessionárias.

Bons tempos, a farra do boi acabou!   As margens de lucro foram sendo achatadas e novos comportamentos estão surgindo. Muitos empresários abrem contas para seus filhos,filhas,esposas e cada um paga suas contas com seus próprios recursos,.algumas retiradas são dimensionadas já baseadas no lucro líquido e não nos faturamentos,.os carros já não são trocados com tanta volúpia,.o modelo mais novo já espera um pouco mais..É UM PROCESSO MATEMÁTICO EXATO E IMPERDOÁVEL.SE GASTAR ACIMA DO QUE GANHA, QUEBRA!

Autor: Prof.João Mariano de Almeida, pós em Rh, mestrando em Gestão de Negócios, consultor colaborador da Métodos Consultoria Empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top