(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

UMA GESTÃO EFICAZ DE PRODUÇÃO AUMENTA OS LUCROS

Consultoria Empresarial e Gestão  

As Empresas que apresentam uma variação considerável nas vendas, modificações de engenharia, introdução de novos produtos e condições de fornecimento dinâmico, precisam de sistemas de gestão que permitam obter, de forma rápida, informações sobre as repercussões causadas por essas alterações, para logo replanejar a fabricação e a compra de forma coerente e adequada. Em nossos projetos de consultoria empresarial, ajustamos os procedimentos e processos internos, permitindo os seguintes benefícios:

– Melhorar o atendimento ao cliente;
– Aumentar a rotatividade de estoque e diminuir o seu volume;
– Aumentar a produtividade de mão de obra;
– Melhorar a utilização da capacidade de produção;
– Diminuir custos de produção;

“Após o diagnóstico empresarial, é criado um Plano de Desenvolvimento de Soluções, com todos os projetos a serem desenvolvidos, incluindo ÁREA DE PRODUÇÃO.

Esta, para ser eficaz, precisa de um PLANO MESTRE DE PRODUÇÃO, em função da previsão e entrada de pedidos e a consequente coordenação da produção.  Alguns planos mestre observam um prazo histórico de 6 meses de dados a serem analisados, outros até 12 meses, mas que fundamentam volumes quantitativos que permitem projetar metas.

O Plano de Produção é amarrado com COMPRAS e Orçamento Financeiro, fazendo parte do planejamento geral, visando atender com qualidade não só o volume de clientes atuais, mas também eventuais aquecimentos de mercado, com elevação da demanda, sem afetar orçamentos estabelecidos.

O diagnóstico empresarial costuma apontar alguns problemas mais frequentes que ocorrem ao elaborar o Plano de Produção, visando atender seus objetivos principais.”

1)PROBLEMAS MAIS FREQUENTES

indefinição dos custos de produção ou custo visivelmente elevado;

– dificuldade na definição das responsabilidades na produção;

– conflitos humanos;

– desajuste entre produção, vendas e estoques;

– falta de controles, com total desconhecimento da real utilização dos recursos da produção;

– desencontro entre o abastecimento de matéria prima e os equipamentos disponíveis ou com as necessidades de vendas;

– picos ou quedas acentuadas e incontroláveis, no ritmo da produção;

– má circulação na área de produção, no fluxo dos materiais, no “layout” das máquinas;

– ausência ou deficiência da programação da produção;

– deficiência da programação de preparação dos equipamentos;

– perdas de tempo no “setup”;

– existência de “gargalos” ou tempos mortos na produção;

– apatia ou desinteresse do pessoal pelo serviço, negligência, qualidade deficiente;

2)PRINCIPAIS OBJETIVOS

– rever e aprimorar o layout e fluxo de materiais;

– estabelecer prioridades de fabricação;

– conseguir o máximo aproveitamento da capacidade instalada (homens e máquinas);

– estabelecer o circuito de matéria prima que atenda a uma produção racional, possibilitando melhor aproveitamento “homem máquina” e permitindo integração com o planejamento;

– eliminar tempos mortos e pontos de estrangulamento;

– eliminar ociosidade de pessoal, equipamentos e estoques;

– calcular e manter estoques mínimos e lotes econômicos;

– estabelecer os controles adequados sobre a integração matéria prima e homem-máquina e sobre a qualidade do produto, a produtividade e a manutenção;

– economia de transportes, tempo, movimento e de homens;

– produzir pelo menor custo, no menor prazo e com o menor giro de capital possível;

– adequação das áreas por setor ou característica de trabalho;

– estabelecer os pontos a racionalizar, nos processos de fabricação;

– aumentar os índices de produtividade, pelo aproveitamento racional dos meios produtivos;

– produzir a tempo de satisfazer as necessidades de vendas, eliminando atropelos e surpresas, com razoável dose de segurança;

CLIQUE AQUI E SOLICITE UMA APRESENTAÇÃO EM SUA EMPRESA

Tels: (11) 2476 – 1230 ou 2476 – 1240

Adaptado por  : Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios, atuando desde 1981, em T&D (para formar e reciclar lideranças) e produtividade pessoal (redução dos ciclos das atividades). 

Também desenvolve Projetos de Melhorias dos Resultados (PMR),focando marketing-vendas, compras-estoques, produtividade-processos, redução de custos-desperdícios, nas empresas familiares. Em RH, forma multiplicadores nos processos de  avaliar desempenho, rever funções, atividades, responsabilidades, autonomia. É autor do kit de áudiolivros “As 10 Dicas para o Sucesso da Empresa Familiar”  e consultor da Métodos Consultoria Empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top