(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

Com a mudança das tecnologias de T&D, a Métodos através da sua área de Cursos, criou o GPA-Gestão Prática Aplicada, que vai possibilitar aos empresários e seus gestores, uma atualização em temas fundamentais para obter resultados no trabalho profissional e na empresa.

Nos dias atuais, a zona de conforto, “ficar na caixa” é um risco tanto profissional como empresarial, porque as coisas mudam rápido e quem não acompanhar sai do mercado.

Pensando mais adiante, desenvolvemos para oferecer uma opção adicional aos nossos clientes, empresários de pequenas e médias empresa do Brasil, a possibilidade de participar de Cursos Práticos, totalmente modelados para atender às necessidades da Gestão Empresarial.

Portanto, ao realizar um de nossos cursos presenciais ou EAD (Ensino a Distância), o empresário estará adquirindo Know-How e Ferramentas de Gestão para aplicar na prática do dia a dia na sua empresa.

Desta forma o Empresário poderá de forma rápida, prática e a custos muito baixos, aprender e implementar diversos conceitos de Administração, alicerçados em ferramentas e modelos de controles a serem colocados em prática nas empresas.

OS BENEFÍCIOS DO GPA-GESTÃO PRÁTICA APLICADA

Conhecer e aprender a utilizar os principais controles aplicados na prática pela Métodos, em milhares de empresas varejistas e outros segmentos por todo o Brasil.

Saber como ter o controle absoluto de seu Comércio e outros segmentos,  para poder crescer de forma segura e rentável.

Os participantes receberão um Pen – Drive de 4GB com cópia de todas as planilhas utilizadas no curso.

Apostila com todo o material utilizado no curso. Utilização de modernos PAINEIS GRÁFICOS (Dashboard de Business Intelligence – B.I),
Totalmente WEB.

OBJETIVO DO CURSO

GESTÃO

Fornecer uma visão prática dos principais instrumentos de controle que proporcionem o acompanhamento adequado dos principais processos da empresa de varejo ou outros segmentos, nos níveis básico, intermediário e estratégico.

ÁREAS DE FOCO:COMÉRCIO, INDÚSTRIAS E SERVIÇOS-VISÃO ESPECÍFICA DOS PRINCIPAIS CONTROLES:

1.Apuração do Resultado Operacional….quem não sabe o resultado, está perdido na tempestade…quem demora para saber resultados não vai conseguir tomar decisões em tempo correto….

2.Determinação de Custos Fixos e Variáveis...os Custos Fixos são fatais para qualquer negócio…se passar de 25% acender luz amarela vai ajudar a controlar. Seu crescimento pode afetar sua formação de preços e resultados finais.

3.Determinação do Ponto de Equilíbrio….o ponto de equilíbrio permite conhecer onde sua Receita = Despesas, um empate sem ganhos, mas que permite saber que a partir deste ponto você vai ter bons resultados ou poderá realizar promoções e outras ações.

4.Determinação da Curva ABC integrado às faixas de dias de estoquea curva ABC, permite visualizar os 20% de itens que representam 80% do dinheiro investido e também os 80% que representam apenas 20% do  dinheiro investido em estoques. E o prazo de cobertura, ou quantos meses o estoque cobre de venda, permite ajustar os estoques para prazos menores e não engessar capital em estoques.

5.Determinação do Grau de Estabilidade….permite saber o quanto estável está a empresa no momento analisado, dando ao empresário ferramenta corretiva..Se o grau for acima de 1,1, será um bom indicador.  Quanto mais alto melhor. 

6.Índices de Gestão Corporativos (Turn-Over, PMV, PMC, PME, CG, Índices de Liquidez, etc)……permitem aos gestores, tomar decisões rápidas em relação a políticas de gestão de Pessoas (Turnover), Política Comercial (PMV), Política de Compras (PMC), Gestão Financeira (PME,CG, Liquidez) e outros setores da empresa para direcionar ações e buscar resultados.

7.Formação do Preço de Venda (FPV)….é um item imprescindível, porque formar o preço errado poderá conduzir a empresa para péssimos resultados, ou quanto “mais vender, mais ir para o buraco”…..é preciso formar preços corretamente.
8.Apuração da Margem de Contribuição Líquida de cada Produto.….a Margem de Contribuição (MC) ou Lucro Bruto é essencial para todo negócio, de qualquer porte, permitindo saber quanto o produto ou resultado comercial vai contribuir para pagar despesas Fixas e ainda sobrar algum lucro no final do exercício.

9.ÁREA DE SUPRIMENTOS (COMPRAS E ESTOQUE)..da mesma forma, as áreas de compras e estoque devem ser analisadas, visando tem um balanço dos resultados a cada período, quanto tem de estoque encalhado, a idade dos estoques, seu giro, prazo de cobertura,  permitindo decisões corretivas e orientando vendas.

PRINCIPAIS PROCEDIMENTOS PARA ESTRUTURAR UM DEPARTAMENTO DE RH.

…..o RH ou Gestão de Pessoas precisa ser acompanhado com relação a todos os processos a seguir descritos:
a)Descrição de Cargos, Funções, Atividades, Responsabilidades, em todos os níveis, para não haver dúvidas nas atividades, evitar duplicidades.
b)Técnicas para montagem de um Organograma Funcional, ancorado na necessidade da empresa e não em “ajeitogramas” para encaixar pessoas ou familiares. Organograma é uma ferramenta de hierarquia e responsabilidades e permite à empresa funcionar dentro das suas diversas áreas.


c) Quadro de Lotação...é uma ferramenta para visualizar quem está no comando de cada setor e quantidade de pessoas nos mesmos, permitindo comparar setores com resultados obtidos  pela empresa toda ou setoriais.


d)Movimentação de Pessoal…..as deslocações de pessoas, seja “absenteísmo” (faltas e atrasos) ou turnover (rotatividade, entradas e saídas), geram custos diretos e mensuráveis como despesas de contratação, demissão, indenizações, anúncios. E também indiretos, alguns estimativos, como o novo ciclo para treinar os novos funcionários e as perdas decorrentes da curva de aprendizagem, já que o novo colaborador leva algum tempo para atingir a mesma produtividade  do anterior porque não estava treinado.


e)Regulamento Interno….é uma ferramenta útil, porque posiciona o colaborador em relação a direitos e deveres dentro da empresa, evitando falhas por desconhecimento.


f)Entrevista de Desligamento….permite saber os verdadeiros motivos da solicitação de demissão, principalmente em casos que o colaborador tomou a iniciativa e tomar medidas saneadoras na empresa.

 

Através do LINK  GPA-Gestão Prática Aplicada, outros detalhes podem ser acessados.

 

Co-autores: Cláudio Antonio Brito-Diretor Técnico da Métodos e Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios, atuando desde 1981, em T&D (para formar e reciclar lideranças) e produtividade pessoal (redução dos ciclos das atividades). 

Também desenvolve Projetos de Melhorias dos Resultados (PMR),focando marketing-vendas, compras-estoques, produtividade-processos, redução de custos-desperdícios, nas empresas familiares. Em RH, forma multiplicadores nos processos de  avaliar desempenho-rever funções-atividades-responsabilidades-autonomia. É autor do kit de áudiolivros “As 10 Dicas para o Sucesso da Empresa Familiar”  e consultor da Métodos Consultoria Empresarial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top