(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

O Valor do Planejamento e o Planejamento Estratégico. 5 Estorias envolvendo o Planejamento

Consultoria Empresarial e Gestão  
 ESTÓRIAS ENVOLVENDO PLANEJAMENTO: O gerente de vendas e o de produção se cruzam no corredor da empresa nas primeiras horas da segunda feira. Depois do “bom dia”, trocaram algumas palavras.

Muito trabalho hoje ? perguntou o primeiro.

Sim, estou iniciando minha maratona de vendas.

Numa outra empresa, a mesma cena, a mesma pergunta e a resposta :

Vou agora planejar a semana pois tenho muitos afazeres até 6ª.feira. 

Na terceira empresa tudo e se repete e o gerente interrogado responde :

Vou acompanhar os primeiros passos desta semana, que espero acontecer como planejei na 6ª.feira.

Numa quarta empresa.….”É só estimular, disse. Estimular e acompanhar se tudo está saindo como o planejado no início do ano”.

Na quinta e última empresa todos os departamentos são planejados para os três anos seguintes, dissecando todos os problemas, pontos fortes e fracos que a organização tem a oferecer ao mercado, as ameaças e oportunidades que terá pela frente.

POR QUE A DIFICULDADE EM USAR PLANEJAMENTO ?  UM SIMPLES PLANO, PASSANDO A PENSAR ESTRATEGICAMENTE ?

Tudo está ligado a qualquer movimento da empresa, tem repercussão em vários setores, como uma teia de aranha. São cinco estorinhas que fotografam os diferentes conceitos de gestão em que se encontram as organizações atualmente.

A resposta desta última empresa, nos indica que caminha integrado, como uma orquestra ..logo, se algum instrumento desafinar, haverá um olhar leve e sutil do músicos mais próximos, seguido do sentimento de responsabilidade assumido pelo que provocou o “desconcerto”, com visível desejo de restabelecer a ordem. Nessa organização o êxito no final de um período é uma somatória de pequeninos êxitos que acontecem a todo instante, que em outro lugar passariam despercebidos. 

O caso da quarta empresa revela que o gerente está no estágio de “valorizar planejamento”, mas só o gerente é uma ação isolada, sem força geralmente nessas empresas, os proprietários não acreditam que planejar é sobreviver e se acreditam, na hora “H”, resistem.

A terceira empresa revela um grande esforço do gerente de vendas para planejar o seu departamento, mas não conta com o apoio dos proprietários quanto ao planejamento a longo prazo, daí ele vai se virando como pode individualmente.

A segunda empresa, como o gerente está naquele exato momento indo planejar a semana que já iniciou, provavelmente será atropelado pelas tarefas do dia-a-dia e pessoas que o interpelam pelos corredores, telefone e vai chegar a sexta feira e não vai conseguir planejar nada.

“Esta semana foi muita conturbada”, justificará. Este gerente embora tenha boa vontade de levar tudo bem planejado, das duas uma, ou não tem conhecimento prático do que é planejamento estratégico, a teoria dos livros não satisfaz, ou o seu tempo é demasiadamente desorganizado.

Na empresa da primeira estorinha, toda a sua equipe ainda não cultua o planejamento e os proprietários são resistentes ao assunto. Acham que não precisam planejar já que os fatos não ocorrem como previstos.

“Fura tudo”, justifica seu gerente por sua vez, não tendo noção clara do que o planejamento estratégico, mas também nem precisa, pois diante de alguma tentativa, seria vaiado de pé pelos outros elementos da empresa, como a regência discreta dos proprietários.

Felizmente, esse tipo de comportamento está em extinção, mas se fôssemos auditar todas elas alguns anos mais tarde, diríamos que pela história de cada uma, sempre esteve visível o cenário de quem lograria sucesso ou fracasso.

O CAMINHO PARA O PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO NÃO É COMPLEXO.

Vamos torcer para que algum dia o planejamento estratégico seja coisa rotineira nas empresas e seus dirigentes estarão então buscando mudar o pensamento de “pensamento operacional” para “ pensamento estratégico”, acredito ! Ou continuarão batendo a cabeça no muro, porque não viram o muro ! ou não planejaram brecar antes…..
Autor: Prof.João Mariano de Almeida, administrador de empresas, com pós em RH e mestrando em Gestão de Negócios,  consultor da Métodos Consultoria empresarial e como co-autor: Eng.Arnaldo de Oliveira, eng.civil (PUC), mestrado em Eng.Civil, professor universitário.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top