(11) 4116-1047

(11) 99115-7707

R. Fernando de Albuquerque 31 - cj. 42

atendimento@metodosweb.com.br

CAPITAL DE GIRO E SUAS ARMADILHAS

Consultoria Empresarial e Gestão  

Poucos são os empresários que se preocupam em controlar, com certo rigor, a necessidade de capital de giro de suas empresas.
Muitas são as armadilhas do dia a dia, que acabam comprometendo uma melhor gestão dos recursos financeiros da empresa.

A mais comum são os investimentos feitos sem nenhum critério ou planejamento, principalmente quando se tem a “impressão” de que há certa folga financeira, enquanto na verdade, aquele recurso gasto naquele momento irá fazer falta mais adiante. Isso ocorre devido a falta de planejamento e consequentemente, de visão futura da situação financeira da empresa.

Um bom sistema de Fluxo de Caixa, integrado com um orçamento, evita esse tipo de problema.Quando se tem um bom planejamento financeiro, conseguimos identificar a hora certa para os investimentos bem como os momentos em que precisaremos conter os gastos, gerando recursos para compromissos futuros.

Outra questão muito comum é quando os compradores das empresas acabam comprando um grande lote de mercadorias devido um excelente e irresistível desconto dado pelo fornecedor. Na maioria das vezes o percentual ganho no desconto, acaba sendo perdido uma ou varias vezes o seu valor, devido a falta de uma análise mais criteriosa da gestão de estoques daquela mercadoria. É importantíssimo analisar o giro da mercadoria, confrontando-o com a margem de lucro.

O que vale mais ?

Vender um produto que tem 5 x de giro e margem de 2% ou um produto que tem 3 x de giro e margem de 4% ?

A resposta é o segundo produto pois 3 x de giro multiplicado por margem de 4% = 12, enquanto o primeiro produto com 5 x de giro, multiplicado por 2% = 10. Essa é a taxa de retorno Du Pont que trabalha com formulas ajustáveis de acordo com as variáveis da empresa.

Além dessa analise matemática dos estoques há de se controlar e medir mensalmente os seguintes prazos:

PMV = Prazo Médio de Venda
PMC = Prazo Médio de Compras
PME = Prazo Médio dos Estoques

Há muitas variantes da formula para calculo da necessidade de capital de giro de uma empresa, mas se pensarmos que muitas empresas compram suas mercadorias com prazos de pagamento curtos (15/30 dias) e vendem seus produtos com prazos longos (30/60/90 dias) significa que no 15ª dia já estará pagando seus fornecedores sem ainda ter recebido de seus clientes, o que só começará a ocorrer no 30º dia, portanto do 15º dia ao 30º necessitará de capital de giro para se manter.

Para evitar essas armadilhas, deve-se realizar um profundo diagnóstico nas áreas de compra, estoque, vendas e financeiro da empresa a fim de identificar as eventuais falhas e a definição de níveis ideais de PMV, PMC, PME, GIRO, MARGEM LIQUIDA, TAXA DE RETORNO DU PONT dentre diversos outros indicadores.

Os empresários que souberem administrar com esses indicadores, montados especialmente para sua empresa, conseguirão obter resultados muito melhores do que seus concorrentes. Não deixe para amanhã, comece já a melhorar a sua lucratividade, solicite uma visita e saiba como poderemos ajuda-lo a atingir mais rapidamente seus objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top